Acreditar que Ser Mulher é Ser Poderosa

Acreditar que Ser Mulher é Ser Poderosa

O que é ser Mulher?
Sim! O que significa ser Mulher?

Já pensaram sobre esta questão queridas Mulheres?

 

A primeira resposta que me ocorre quando reflito sobre este assunto, remete-me diretamente para a questão do SER. Claramente, que antes de sermos Mulher ou Homem: simplesmente Somos. E SER significa LIBERDADE. Portanto, SER MULHER é sem dúvida SER UM SER LIVRE.

Nesta ordem de ideias, Ser Mulher livre está associado à questão de exercer com poder e liberdade todas as imagens que nos identificam com o Arquétipo de Mulher e se traduzem por: Ser no Feminino, Ser Cuidadora, ser Mãe, ser Amante, ser Amiga, Ser Trabalhadora, Ser Lutadora, Ser Criativa, Ser Intuitiva, Ser Artista,…etc.

Mais que tudo e aqui chegamos ao cerne da questão: Ser aquela Mulher que pode cumprir com total e livre arbítrio a seguinte afirmação: Ser o que me apetecer Ser, no aqui e no agora, mesmo sendo Mulher.

Porém, o que acontece na maioria dos casos é exatamente o contrário: as Mulheres que tenho acolhido na consulta de Psicogenealogia, não exercem aquilo que gostariam com alegria e paixão, mas, vivem em função daquilo que os outros gostariam que elas fossem. Vivem portanto no padrão da sobrevivência e da submissão e num ciclo repetitivo há mais de quatro gerações.

Após o reconhecimento deste padrão na consulta, a Mulher é capaz de desbloqueá-lo de forma criativa. Este Acto Criativo em si conduz a Mulher à modificação de uma série de fatores que condicionam a liberdade do seu SER, do SEU PODER E DA SUA REALIZAÇÃO PESSOAL, PROFISSIONAL, CRIATIVA, SOCIAL E AFETIVA.

É neste momento que se produz uma Mudança Holistíca no ciclo de vida da árvore da Mulher, que é capaz de transformar as suas raízes antigas em ramos férteis: autênticos, fortes e criadores de abundância e prosperidade. O Propósito da Mulher começa por ser MULHER como lhe apetecer… E tudo começa a fazer sentido para a Mulher, que festeja com Amor o ato de ter nascido Mulher.

E, sim! Agora ser Mulher, É ser livre. É ser Poderosa.

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *